Projetos Sociais

A maioria de nós já ouviu falar através da mídia ou outro veículo de comunicação, de pessoas que cometeram erros e foram presos, muitos até por falta de instrução, por convívio em companhia de má índole ou até por falta de oportunidade na vida.

Da mesma forma que uma pessoa empregada tem menos chance de ingressar no crime, um ex-detento empregado também tem menos chance de voltar para o crime.

70% dos cooperados são mulheres que precisam do dinheiro porque têm marido ou filho na cadeia. A Coopereso atua em 25 frentes de trabalho ligadas a prefeitura, sendo que 70% das demandas referem-se à Secretaria de Serviços Públicos e os outros 30% às secretarias de Meio Ambiente e de Desenvolvimento Social.

Através de muito diálogo e palestras de autoestima e motivação, a Coopereso procura fazer com que os egressos tenham autoestima por estarem inseridos dignamente no mercado de trabalho.

A Coopereso em parceria com a Universidade do Trabalhador (Unit) oferece vários cursos como; departamento pessoal, logística, jardinagem e outros que capacitam os egressos e os preparam ao convívio da sociedade.